Uncategorized

Porque Eu Não Gosto de Fundos DI e Fundos de Investimento de Renda Fixa

Porque não gosto de fundos DI

Fundos de investimentos são ótimos, principalmente se você quer garantir uma boa diversificação, se é investidor iniciante ou não quer perder/gastar tempo analisando e fazendo a gestão dos seus investimentos.
O principal benefício de um FI é a diversificação que você ganha. Adquirindo a cota mínima do fundo você já garante a diversificação de toda a “cesta de investimentos” daquele fundo.

Bem, então por que não fundos DI?
Quando o assunto é renda fixa, a nossa possibilidade de diversificação é muito mais limitada. Podemos diversificar de duas formas basicamente: 1 – Segundo o risco do emissor do títulos, e 2 – Segundo o indexador atrelado ao título.
Dentro do primeiro item, sim temos boa margem para diversificar. Instituições financeira menores e menos consolidadas vão oferecer títulos com maiores retornos, dando uma margem para você arriscar mais ou não.
Entretanto, quando o assunto é sobre como a rentabilidade é definida, de grosso modo temos apenas duas formas: títulos atrelados ao CDI e à inflação. Deu!
Além que a própria taxa SELIC e a inflação são diretamente relacionadas. Afinal a SELIC tem por uma das suas atribuições ser um instrumento de combate à inflação.
Não existem muito com o que analisar aqui, não existem critérios mais difíceis e específicos para comparar títulos de renda fixa para compor uma carteira. Além que se, a sua ideia é investir em renda fixa para proteção, o melhor lugar é no Tesouro Nacional. Pronto!

Existem formas de especulação com renda fixa e de ganhar rentabilidades maiores, mas isso envolve risco. Quando essas estratégias são atribuídas a um fundo, geralmente levam a custos adicionais (ex: taxa de administração, taxa de performance..), que sinceramente levam para o zero a zero.

Um grande abraço a todos e até o próximo vídeo!
Gabi

Facebook Comments