Economia

Custo de Oportunidade | Economia Descomplicada

Custo de Oportunidade

Por mais dinheiro e influência que tenhamos, nunca teremos a total capacidade de fazer tudo o que desejamos.

A economia lida com esse problema por meio do conceito de custo de oportunidade, que se refere simplesmente a entender se o tempo ou o dinheiro de alguém poderia ser investido em algo melhor. Cada hora de nosso tempo tem seu valor. Cada hora que nos dedicamos a determinada tarefa poderia muito bem ser dedicada a outra, a dormir ou a assistir a um filme. Cada uma dessas opções tem um custo de oportunidade diferente – ou seja, aquilo que nos custam em termos de oportunidades perdidas.

O custo de oportunidade é o preço derivado da opção. Você possui mais de uma opção, ao escolher A ao invés de B, existe o preço pago pela oportunidade perdida de escolher B ao invés de A. Em outras palavras, o Custo de Oportunidade é “o preço da renúncia de um bem de modo a se obter outro bem.”

Como já diria Greg Mankiw, o custo de algo é o que você abre mão para adquiri-lo.

Um bom exemplo é se você deve ou não ir para a universidade. Por um lado, os anos passados deveriam ser recompensados, tanto intelectualmente quanto socialmente; os graduados também tendem a receber melhores oportunidades de emprego. Por outro lado, há o custo da mensalidade, livros e etc. No entanto, isso ignora o custo de oportunidade: para os anos em que você está na universidade, você poderia facilmente estar em um emprego remunerado, ganhando dinheiro e aprimorando seu currículo com valiosas experiências de trabalho.

Algumas pessoas acham a idéia do custo de oportunidade imensamente deprimente: imagine passar toda a sua vida calculando se seu tempo seria melhor gasto em outro lugar, fazendo algo mais lucrativo ou agradável. No entanto, em certo sentido, é da natureza humana fazer precisamente isso – avaliamos os prós e contras das decisões o tempo todo.

É importante ressaltar que o custo de oportunidade não se limita ao dinheiro. Ele pode ser vinculado a qualquer coisa que seja mais valiosa para quem toma a decisão.

Facebook Comments