Como aprender melhor: Os diferentes tipos de aprendizagem

Cada um de nós é diferente. Então por que persistimos em querer aprender da mesma forma que todos?

As pessoas possuem diferentes formas de captar e processar informações. Cada um com suas individualidades. Porém, a educação formal continua a jogar o “aprendizado” como algo padrão na nossa sociedade.

Talvez você não memorize bem as coisas que você lê, está tudo bem…

Talvez você logo esquece algo que você ouviu, está tudo bem…

Talvez você seja péssimo em aprender na prática, está tudo bem…

Cada um de nós possui maior facilidade (e maior dificuldade) com específicas formas de aprendizagem e aquisição de informações. Muito provavelmente as dificuldades que você teve até hoje são devido disso (ou da preguiça mesmo, mas essa todos têm na mesma quantidade!).

Existem diversos modelos e formatos para definir os “tipos” de aprendiz. Eu gosto da simplicidade, por isso trabalho com o modelo de 3: Visual, Auditivo e Cinestésico.

Dentro do visual podemos separar em dois: o linguístico (lida melhor com palavras escritas) e o espacial (uso de diagramas, imagens, símbolos…)

Aprendiz auditivo é aquele que prefere sons, aprende melhor através da fala e da escuta.

Por último, o cinestésico. Esté é o aprendiz prático, que aprende fazendo, colocando a “mão na massa”.

O que eu quero é que você abra um pouco a cabeça para essa nova percepção. Por exemplo eu, sou péssima aprendendo através da leitura, por mais que eu ame ler, não consigo absorver de forma eficaz informações escritas. Por outro lado, tenho extrema facilidade em memorizar o que ouço. Ultimamente andei trocando a leitura por audiobooks, o resultado tem sido excelente!

Além de poder melhor a si mesmo, entender isso ajuda muito o relacionamento pessoal. Quando você sabe a melhor forma que o outro aprende, você terá maior facilidade de transmitir informação e de ser compreendido.

Quero deixar claro: Não há maneira certa ou errada de aprender. Cada estilo tem seus próprios méritos, e o principal fator decisivo é o que funciona melhor para você.

Além que ninguém é um estilo, somos uma mistura com certas predominâncias de cada caso. Os melhores resultados surgem quando mesclamos esses estilos conforme nossas facilidades.

Resumindo: autoconhecimento é a chave!

Facebook Comments