Finanças

Fundos Imobiliários: o que são, como funcionam, vantagens e cuidados

Fundos Imobiliários: Tudo que você precisa saber!

Você gostaria de possuir diversos imóveis nas melhores zonas das maiores cidades do país?

Tudo isso ainda não precisando investir muito?

Sim? Isso é possível através de fundos de investimentos imobiliários!

O que é um Fundo de investimento imobiliário (FII)?

A ideia é semelhante a de fundos de investimento em ativos financeiros, a diferença aqui é que ao invés de um grupo de investidores adquirirem ações/títulos públicos, eles investem em ativos do setor imobiliário.

Pense assim: você quer investir em um imóvel, porém não possui os 100mil, 300mil, ou mesmo 1 milhão para adquirir um bom imóvel em uma zona rentável. Muitas pessoas também possuem essa mesma limitação, ou até mesmo que tenham esse valor não querem colocar todo ele em um único ativo.

Um FII irá reunir diversos investidores (cotistas) e utilizar seus recursos para adquirir diferentes ativos do setor imobiliário, compondo uma carteira de investimentos desse segmento.

Essa carteira de investimentos vai depender muito de fundo para fundo. Alguns investem em imóveis comerciais, outros em Shoppings, e até mesmo em hospitais. Você pode descobrir onde cada fundo investe através do Relatório/Regulamento do próprio FII. 

Como funcionam as Cotas do FII?

Diferente de outros tipos de Fundos, onde você pode investir livremente valores acima da movimentação mínima. Em FII você adquirir cotas, por determinado preço segundo a situação do fundo. Essas cotas são como se fossem uma “Ação” (para simplificar). Quando você compra uma ação, você tem um pequeno percentual daquela empresa, o mesmo ocorre aqui, quando você adquire uma cota do fundo, você tem um percentualzinho da propriedade de TODOS os ativos daquele fundo.

Sim, você pode ser dono de um hospital, uma universidade, ou mesmo de um shopping center por menos de R$100.

Os cotista são os donos desses imóveis, e como tais irão receber o aluguel desses bens todo o santo mês. Aqui que está a beleza dos FII. Como os FII tem muitos ativos diferentes, mesmo se algum deles não estiver ocupado, o seu rendimento mensal não será impactado. 

Lembrando: Os FII podem investir em imóveis físicos ou em outros ativos do setor (como LCI, CRI, etc…). A rentabilidade do fundo vai depender disso. Se ele investir em imóveis, o fundo obterá renda com aluguéis, vendas ou arrendamentos de bens. Se aplicar em títulos e valores mobiliários, a renda virá dos rendimentos distribuídos por esses ativos ou ainda pela diferença entre o seu preço de compra e de venda. E Claro, é possível fazer uma mescla desses dois.

Facebook Comments

um comentário

Os comentários estão desativados.